segunda-feira, 6 de setembro de 2010


Brasil é líder em vírus que roubam dados bancários.

O Brasil ocupa um lugar de destaque no cenário mundial do cibercrime. De acordo com uma pesquisa divulgada nesta terça (24) pela empresa de segurança online Kaspersky Lab, o país é um dos líderes em produção de vírus especializados no roubo de dados bancários – conhecidos como trojan bankers.

Responsável por algo entre 3% a 8% dos cerca de 3 500 novos vírus criados no mundo diariamente – Já entre os trojans quase quatro de cada 10 vírus do tipo são criados aqui.

Em redes sociais o perigo é ainda maior, links maliciosos, com noticias falsas se espalham rapidamente, como a suposta morte de algum artista.

Os dados de janeiro a agosto coletados pela Kaspersky mostram que 13% dos micros no país já foram infectados por trojans bancários. Na sequência, aparece o Kido (também conhecido por Conficker), com 10%.

Num outro ataque a injeção de SQL. os crackers mudam o código-fonte de um site e adicionam códigos maliciosos. ao entrar no site, esse comando é executado silenciosamente pelo navegador, e pode instalar um malware na máquina do usuário entre outros prejuízos. Tudo isso sem que a pessoa note. Nesse caso, uma medida paliativa é sempre utilizar a versão mais recente do browser, e evitar o uso do Internet Explorer, o mais visado pelos cibercriminosos.

Em termos de sistemas operacionais, o Windows XP ainda responde por 57% dos micros infectados. O Windows 7 já está com 32%, e o Vista, com 12%.


1